Revizáo de testo praquê?

4 04 2014

Não, eu não estou assassinando a língua portuguesa. Sim, o título deste post está escrito erroneamente de propósito. Dói a vista não é? Você pode se perguntar, mas qual a relação disso com qualidade de software? Eu respondo: tudo a ver. A qualidade do seu software começa na escrita dos requisitos. Requisitos mal escritos podem gerar ambiguidade, dúvida e confusão na hora do desenvolvimento. Eu já peguei algumas documentações tão mal escritas que fiquei com “vergonha alheia”. Outro dia tava vendo uma apresentação no Slideshare, onde estava escrito no título de váaaaarios slides: ANDRIOD e não Android. Se você vai publicar sua apresentação na web (leia-se: TODO MUNDO VAI VER), pelamordedeus, revise!! Agora, veja esta imagem e me conte a sua opinião (clique na imagem para aumentá-la):

Muita preção!!

Muita preção!!

Achou o erro? E de quem você acha que foi o erro? Do analista de requisitos, do desenvolvedor, do testador ou do estagiário? Eu respondo: de nenhum deles! O erro está na falta de um processo de revisão. Eu já tive a oportunidade de trabalhar em projetos com a equipe era bem multidisciplinar. Tínhamos doutores e mestres em engenharia do conhecimento, administradores, especialistas em BI, desenvolvedores seniores, engenheiros de software E revisoras de texto! Sim, eram elas as responsáveis por revisar todos os documentos, desde contratos até essas mensagens de feedback para o usuário. Sentavam ao lado do desenvolvedor e faziam um trabalho de formiguinha, analisando cada mensagem de acordo com o contexto da tela. Aprendi com elas que a qualidade está nesses detalhes (saudade delas!!). E é o tipo de coisa que ninguém dá valor até encontrar um erro, como este ali de cima.

Daí você pode pensar: “ah mas eu não tenho um revisor na minha equipe e nem tenho dinheiro para investir nisso”. OK, acredito que isso possa sim acontecer, mas você tem os pares, você tem outros membros no time que podem fazer uma revisão com olhar mais crítico, o próprio QA tem a obrigação de primar pelos detalhes. Eu tive que fazer uma graduação em letras inglês pra descobrir que não sou fluente na minha própria língua mãe.

Tenho visto muitos blogs onde as pessoas apenas vomitam o que pensam, não se dão o trabalho de reler o que escrevem. Os pensamentos ficam soltos, sem coesão, sem conexão. Vão escrevendo como falam, não usam pontuação (eu já falei sobre isso em outro post), muito menos o corretor ortográfico. Gente, não custa nada você pedir pra alguém ler seu texto antes de publicar! Outro motivo que você pode pensar em me dizer é: “meu desenvolvimento é ágil, não tenho tempo pra revisão”. Helloooo, ágil não é sinônimo de desleixo!! Desleixo é deixar passar um “precione” na produção. Põe lá como tarefa da sprint: revisar mensagens de feedback; revisar escrita de histórias de usuário, revisar label dos botões. Faça da revisão uma tarefa!

E olha o que eu achei no jornal de hoje!

Precione!!

Precione!!

Outro exemplo de mensagem ambígua: Sim ou não O contexto da mensagem é o seguinte: um spam típico onde eu cliquei em descadastrar o e-mail. O meu desejo inicial era o de remover meu e-mail da lista, ou seja, cancelar o recebimento deles. Em momento algum eu cliquei em alterar configurações. Na mensagem de feedback eles misturaram as duas ações que eu poderia fazer e me deram duas opções: SIM ou NÃO. Daí eu fiquei pensando onde clicar: SIM, eu quero cancelar. NÃO, eu não quero alterar as configurações. Apesar da dúvida, cliquei no SIM, e para a minha surpresa, nova página com outras informações apareceram, para que eu então confirmasse o cancelamento. Gente, não tenho que dar satisfação do motivo pelo qual eu não quero receber algum e-mail, ainda mais quando é publicitário! Mas acreditem, eu tive que informar!! Mas penso que aqui essa enrolação é estratégica, pra fazer o usuário desistir do descadastramento. Mas eu fui até o fim!!

É aquele negócio, seja o exemplo, comece por você! Quem trabalha com qualidade deve ser exigente em todos os sentidos. Errar é humano, claro, mas seja humilde o suficiente para pedir ajuda, não há nada de errado nisso. Pra finalizar, um exemplo de mensagem de feedback para o usuário muito bem bolada. Era isso que as meninas da revisão faziam com as mensagens dos nossos produtos, tornando-as amigáveis e significativas!

Cool!!

Cool!!

Pense antes de escrever e revise o que escreveu! Isso serve pra qualquer área da sua vida: um e-mail, um recado, um post no blog ou até mesmo nas redes sociais, um caso de teste, um caso de uso, uma história de usuário. Lembre-se que o objetivo da comunicação é passar uma mensagem. Cabe a você garantir que o seu significado seja recebido pelo outro sem ruídos e interferências.

Agora, vou “precionar” vocês pra me darem uma opinião!


Ações

Information

One response

26 06 2014
Revizáo de testo praquê? | Qualidade de Software

[…] Revizáo de testo praquê? […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: